skip to Main Content

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, apresentou o cronograma de vacinação aos governadores em reunião realizada nesta quarta-feira (17). A previsão é que até o fim de julho 230,7 milhões de doses de vacina seja entregues ao País.

“Totalizaremos até 31 de julho quase 231 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, ou seja, o suficiente para dar tranquilidade de proteção à população contra essa doença”, afirmou o ministro.

O cronograma do primeiro semestre apresentado pelo ministro leva em conta as negociações com os laboratórios União Química/Gamaleya e Precisa/Bharat Biotech, que garantirão ao Brasil a chegada da vacina russa Sputnik V e da indiana Covaxin, respectivamente.

A previsão é de que o contrato com os dois laboratórios seja assinado ainda nesta semana. Vale destacar que as duas vacinas ainda não foram aprovadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Clique aqui e confira o cronograma de entregas e quantidades previstas em contratos.

fonte: istoedinheiro.com.br

Back To Top